Walmar Paim

Nascido na cidade baiana de Santo Amaro, de onde saiu uma criativa leva de artistas da MPB nos anos 60 e 70.
Aos 15 anos, iniciou a carreira, unindo-se aos amigos e colegas de escola, e montaram a "Konecção", o jeito diferente de escrever o nome da banda já mostrava que o grupo não seria mais um. Dessa banda saíram músicos e técnicos que hoje atuam com os principais nomes da música baiana.

Suas raízes o levaram a trabalhar com um dos maiores expoentes do samba-de-roda/Samba Chula, o cantor, compositor, violonista e arranjador, Roberto Mendes.
Sua musicalidade o levou a gravar muitas vertentes desde o samba, samba-de-roda/Samba Chula, MPB, axé e a tocar com dois dos seus grandes ídolos e conterrâneos, Caetano Veloso e Maria Bethania, dentre outros nomes da MPB.

Ao ser convidado por Roberto Mendes, para integrar a Banda Baianos Luz, em 1995, enfrentou o primeiro desafio, traduzir para a bateria toda a levada da "Chula", um ritmo único do Recôncavo Baiano, região onde fica localizada a cidade de Santo Amaro. Desde então, exibiu tal técnica pelo mundo nas turnês do artista Roberto Mendes.

A convite de Wesley Rangel passou a gravar vários artistas, dentre eles, o Chiclete com Banana. Em setembro de 2008, foi convidado por Bell Marques para integrar a banda, substituindo Rey Gramacho, que se afastara por motivo de lesão. Desde então, faz parte da banda. Ainda em 2008, gravou o DVD Flutuar e em janaeiro, gravou o CD "Pelo mundo afora", lançado recentemente. Com uma agenda média de 130 shows/ano, é possível conferir o trabalho de WALMAR PAIM por todos os cantos do país.